Valor do Ethereum dispara e bate recorde; mas é bom investimento no longo prazo?

O Ether, da plataforma Ethereum, segundo maior criptoativo baseado na tecnologia da Blockchain – a mesma rede descentralizada de troca de ativos em que se baseia o bitcoin –, bateu recorde de preço nesta quarta-feira (3).

No momento do fechamento deste texto, segundo informações do portal Coindesk, especializado em criptos, o Ether era negociado a US$ 1.646.

Mas, afinal, o Ether pode ser considerado um bom investimento de longo prazo?

Apesar de a disparada no preço apontar muito entusiasmo de curto prazo, alguns desenvolvedores mais puristas acreditam, no longo prazo, o Ether não é um excelente investimento.

Apesar de ser um criptoativo como o bitcoin, o funcionamento do Ether é distinto – e se baseia em uma tecnologia de “contratos digitais”.

E é justamente no desenho fundamental dessa rede de contratos digitais que esses problemas são apontados: custo excessivo por transações, que acaba limitando seu escopo de uso, questões legais relacionadas à emissão inicial desses contratos, uma tendência à centralização na tomada de decisões na fundação que suporta a plataforma, entre outras.

No ano passado, a rede Ethereum esteve no centro de outro debate sobre design de rede que colocou de um lado os puristas do bitcoin e do outro os entusiastas do Ether: a imprecisão na contagem do volume total de Ethers no mercado.

Apesar a polêmica, os apoiadores do Ether garantem que esses problemas são irrelevantes, e que o ativo estará sim no futuro, ao lado do bitcoin, em um cenário de multiplicidade de criptoativos correndo no mercado e facilitando transações financeiras no mundo todo.

Foto por: Nick Chong

hackpedia

hackpedia

Sao Paulo