July 11, 2019

Sonda japonesa coleta novas amostras de asteroide a 240 milhões de quilômetros da Terra

Sonda japonesa coleta novas amostras de asteroide a 240 milhões de quilômetros da Terra

A sonda espacial Hayabusa2, operada pela Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), recolheu novas amostras do asteroide Ryugu – que atualmente viaja pelo Sistema Solar a uma distância de 240 milhões de quilômetros da Terra. Esta foi a última de uma série de coletas realizadas antes da viagem de retorno.

O equipamento decolou do Centro Espacial Tanegashima, o maior do Japão, em 2014, e alcançou a órbita do asteroide em junho do ano passado.

Essa missão é importante pois, através da análise das amostras, que serão retornadas à Terra no fim de 2020, os cientistas esperam conhecer melhor a composição e estrutura de materiais que remetem à formação do nosso Sistema Solar. Muitos na comunidade científica acreditam, inclusive, que a vida em nosso planeta surgiu a partir do impacto de corpos “alienígenas”, como é o caso do asteroide Ryugu. A análise desse material será importante para avançar no entendimento de todas essas questões.

A retirada das amostras de rocha feita pela Hayabusa2 é engenhosa: a sonda dispara projéteis sobre a sua superfície, e utiliza um recipiente para coletar a poeira e detritos liberados pelo impacto. Depois, todo esse material é guardado em um compartimento para a viagem de volta.

Já estamos ansiosos pelos mistérios a serem revelados a partir da exploração de um asteroide tão distante!

Fonte: The Verge