September 22, 2020

Julian Assange diz ouvir vozes na prisão: ‘você é pó, está morto; viemos te buscar’

Julian Assange diz ouvir vozes na prisão: ‘você é pó, está morto; viemos te buscar’

O fundador e editor do site Wikileaks, Julian Assange, que trabalhou por anos na divulgação de documentos secretos de interesse público, como os registros de guerra do Afeganistão e e-mails do partido Democrata dos Estados Unidos, apresenta “tendências suicidas” e “alucinações auditivas” na prisão, onde aguarda a conclusão de seu julgamento.

Um psiquiatra que avaliou Assange diz que ele apresenta sintomas clínicos de uma “depressão severa” e que uma possível extradição para os Estados Unidos poderia aprofundar esse quadro.

Ao psiquiatra, Assange revelou que escuta vozes: "Você é pó, está morto, viemos te buscar". A defesa do editor do Wikileaks denunciou as condições "torturantes" às quais ele está submetido na prisão.

Assange está atualmente sendo julgado em Londres, pela divulgação de documentos secretos que abalaram a estrutura de poder nos Estados Unidos e na Europa, e que o colocaram na mira das maiores potências mundiais.

Analistas avaliam que a divulgação dos e-mails do partido Democrata pesaram a favor da eleição de Donald Trump nos Estados Unidos.

As informações são da agência de notícias AFP.