November 8, 2019

FBI afirma que criptomoedas são um "grande problema" e que ele só vai aumentar

FBI afirma que criptomoedas são um "grande problema" e que ele só vai aumentar

Durante um depoimento em uma comissão do Senado americano, o diretor da Polícia Federal americana, o FBI, Christopher Wray, falava sobre possíveis ameaças para a segurança nacional dos Estados Unidos, quando foi questionado sobre as criptomoedas, e o tipo de perigo que elas podem trazer às autoridades do país.

Wray respondeu dizendo que as criptomoedas já são um "problema", e que esse problema só tende a aumentar:

"Para nós, as criptomoedas já são um problema significativo e podemos projetar bem facilmente que ele só vai aumentar e aumentar. Se isso está ou não sujeito a algum tipo de regulamentação, é difícil para eu falar a respeito."

Wray se referia à dificuldade de rastrear os fluxos de criptomoedas no caso de uso para financiar operações ilegais ou organizações terroristas operando dentro e fora dos Estados Unidos. Ainda assim, ele revela que o FBI já trabalha com tecnologias que "ajudam" a seguir rastros de Bitcoins e similares.

Essa é uma discussão antiga. Autoridades afirmam que criptomoedas são más para a sociedade, pois podem ser usadas por criminosos, por conta de sua natureza criptográfica de difícil rastreamento. O fato de elas estarem livres de seu controle pode ser também um fator de descontentamento.

O diretor do FBI fez ainda um aviso: se o governo dos Estados Unidos não acompanhar o desenvolvimento dessa tecnologia, ficará "para trás" no jogo.

No fechamento deste texto, a cotação do Bitcoin era de R$ 36.723,94.

Fonte: Coin Telegraph