August 11, 2020

Desenvolvedores do Bitcoin criticam Ethereum por falta de transparência no volume de ativos

Desenvolvedores do Bitcoin criticam Ethereum por falta de transparência no volume de ativos

O espaço das criptomoedas está agitado nesta início do mês com a recente valorização do bitcoin, que bateu US$ 12 em uma alta que acompanhou a subida do ouro, em um cenário de instabilidade política e social no mundo todo.

Mas há outro debate acalorado ocorrendo nesse momento: afinal, qual o volume total de ethers, a unidade do Ethereum, no mercado?

A rede Ethereum é a segunda mais popular do espaço, atrás do Bitcoin, mas seus sistemas e funcionamentos são distintos.  E um detalhe específico tem dividido as duas comunidades de desenvolvedores: a contagem de ativos.

Enquanto no caso da rede bitcoin seja possível calcular o volume com precisão, com o comando gettxoutsetinfo, disponível para execução em todo node, o sistema do Ethereum não conta com uma função semelhante, e isso tem gerado pressão sobre essa última.

O desenvolvedor Pierre Rochard, por exemplo, colocou contra a parede Jeremy Gardner, investidor do Ethereum:

“Onde estão seus scripts de suprimento de ETH, Jeremy? Como vocês têm feito a matemática? Eu pergunto como amigo.”

Garner respondeu:

“Eu não dou a mínima para o suprimento.”

Agora, a comunidade Ethereum está se apressando para criar um mecanismo que revele finalmente a quantidade de seus criptoativos disponível no mercado. Investidores devem olhar atentos para o desenrolar dessa história, para conferir a firmeza da plataforma Ethereum.

Fonte: Coindesk