Comunidade do Bitcoin ataca FMI após críticas a El Salvador: ‘imperialistas fascistas’

A comunidade do Bitcoin no Twitter vem atacando o Fundo Monetário Internacional nos últimos dias, desde que o fundo criticou El Salvador pela adoção do Bitcoin como moeda oficial.

O FMI, que é credor da dívida internacional de El Salvador, afirmou que a adoção do Bitcoin como moeda legal no país centro-americano pode trazer “problemas” legais e financeiros.

Usuários da criptomoeda no Twitter atacaram o fundo, afirmando que as críticas são, na verdade, fachada para uma articulação que visa a manutenção do controle político-econômico do fundo (e das nações ricas que o patrocinam) sobre países mais pobres, como El Salvador.

Um usuário chegou a remodelar o logo do FMI, dando novo significado à sigla: “Fascistas Monetários Imperialistas”.

Nesta semana, o Congresso de El Salvador aprovou o projeto que torna o Bitcoin uma moeda legal no país, obrigando estabelecimentos e negócios a aceitar a moeda, no que se espera que seja um movimento que traga maior liberdade e capacidade financeira para a população do país centro-americano.

hackpedia

hackpedia

Sao Paulo