February 12, 2020

China diz ter desenvolvido rifle laser que “carboniza” a pele humana

China diz ter desenvolvido rifle laser que “carboniza” a pele humana

Essa história parece saída do romance Guerra dos Mundos, mas segundo reportagens de jornais chineses, o raio carbonizador se tornou uma realidade – ou quase.

Em reportagem do South China Morning Post, pesquisadores do Instituto de Ótica e Mecânica de Precisão de Xian contam que desenvolveram um rifle de calibre 15 mm para uso individual capaz de disparar feixes de raio laser destrutivos. A arma, chamada ZKZM-500, já estaria pronta para produção, com cerca de 3 quilos, similar ao peso de um rifle AK-47, com a possibilidade de ser acoplada a carros, barcos, aviões e outros veículos.

Segundo a reportagem, o laser é capaz de “carbonizar instantaneamente” a pele humana, causando dores “além do suportável”. Seu uso está sendo inicialmente planejado, segundo a reportagem, para situações em que haja reféns – para imobilização de terroristas, por exemplo. Mas – preocupante – seu uso também é visto como interessante contra “protestos ilegais”, nas palavras usadas por um vídeo promocional disponível em um site ligado ao governo, e visto pela reportagem do jornal.

Vale lembrar que recentemente, protestos em Hong Kong foram duramente reprimidos pelo governo chinês, conhecido por seu aparato repressor. Uma arma dessas poderia aumentar ainda mais a capacidade destrutiva das polícias contra a própria população.

O rifle ZKZM-500 seria capaz de disparar a uma distância de 800 metros, um feixe de luz concentrada invisível, indetectável pelo alvo. Sua bateria de lítio teria capacidade para 1 mil disparos, com duração de cerca de 2 segundos cada. Eles poderiam acionar materiais combustíveis, queimar vestimentas inflamáveis, e viajar através de paredes de vidro sem danificá-las.

O custo inicial do ZKZM-500 seria de  20,5 mil dólares (88,88 mil reais) a unidade. A arma não estará disponível inicialmente para civis, apenas para militares e policiais.

Fonte: Gizmodo