Cápsula espacial da Boeing para astronautas falha em teste não tripulado

Os últimos dias não têm sido bons para a Boeing, que depois de anunciar a suspensão indeterminada da produção do problemático 737 Max – protagonista de dois acidentes fatais que mataram 346 pessoas –, viu hoje o teste de sua cápsula espacial para astronautas, a Starliner, falhar.  O teste não era tripulado, e tinha como objetivo chegar até a Estação Espacial Internacional. Mas um erro, segundo avaliações preliminares divulgadas pela empresa, fez com que a nave queimasse mais combustível que o previsto, inviabilizando o restante da missão. A cápsula entrou em uma órbita segura, diferente da prevista originalmente, e não será capaz de acoplar com a Estação Espacial. Os times da NASA e da Boeing avaliam agora os próximos passos:

De uma perspectiva comercial, as notícias são boas para a SpaceX de Elon Musk, que concorre pelos mesmos contratos públicos de execução de voos espaciais.

Leia mais.

hackpedia

hackpedia

Sao Paulo