Uber estuda uso de aviões de decolagem vertical para transporte urbano


VTOL

A Uber estuda maneiras de usar aeronaves de decolagem e pouso vertical (as chamadas VTOL) para transportar passageiros em áreas urbanas, revelou o chefe de desenvolvimento de produtos da empresa, Jeff Holden. A tecnologia aceleraria o deslocamento de curta distância em regiões com tráfego intenso em solo. Uma viagem de carro entre as cidades americanas de São Francisco e Oakland, na Califórnia, que levaria 44 minutos de carro, seria realizada em 9 minutos com a tecnologia de VTOL, diz Holden.

O executivo afirma que o projeto pode se tornar realidade dentro de uma década. Ele diz que limitações tecnológicas no equipamento, como o barulho de motores, além da própria estrutura das cidades, são algumas das barreiras. Outro problema seria a necessidade de pilotos dedicados à frota.

Mas isso pode mudar rapidamente, na visão da Uber, que investe na pesquisa de veículos autônomos e movidos a energia elétrica. Baseadas nessas duas tecnologias, naves automáticas e silenciosas viabilizariam o projeto. Recentemente, a empresa firmou uma parceria de desenvolvimento com a Airbus, que também pesquisa a fabricação de táxis aéreos autônomos.

"O mercado vai se desenvolver rapidamente, assim que formos capazes de implementar os primeiros veículos em megacidades e demonstrar os benefícios de um transporte aéreo silencioso, livre de emissões, a preços competitivos", diz Jorg Muller, da Airbus.

A Uber é avaliada atualmente em US$ 66 bilhões.

Fonte: Recode