Por que o criador do Facebook está construindo um bunker no quintal de casa?


Mark

Aparentemente, o CEO e fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, está construindo um bunker para si – uma estrutura metálica semelhante à de um abrigo de segurança, em torno de sua mansão no Vale do Silício. Mas quais motivos levariam o sexto homem mais rico do mundo a montar uma estrutura como esta no quintal de casa? Teria Mark informações indisponíveis para o resto da vizinhança? Ou a nova área seria apenas um lugar para ele jogar videogame em paz? As especulações são várias.

A história veio à tona depois que Mark registrou no departamento de planejamento da cidade de Palo Alto, onde ele vive, os planos para um negócio imobiliário. Ele demoliria quatro propriedades em torno de sua casa atual (estimada em US$ 7 milhões) e as substituiria por versões menores “atualizadas”, num projeto estimado em US$ 44 milhões.

O New York Post dá os detalhes da planta:

“Mark Zuckerberg está demolindo quatro casas que circundam sua mansão no Vale do Silício e construindo o que parece ser um complexo camuflado de alta segurança. Uma das casas se parece com um bunker com ‘paredes de tijolos brancos, portas e janelas de aço escuro, e um telhado de metal cinzento’, de acordo com os planos.”

O fato de Mark viver na Califórnia, área sujeita a abalos sísmicos por causa de suas falhas geológicas, pode dar uma pista dos motivos para a construção do bunker. Neste mês, o treinamento Cascadia Rising, do serviço de emergência dos Estados Unidos, simulou um terremoto que poderia gerar tsunami e matar até 13 mil pessoas na região sobre a Falha da Cascádia, que se estende da Colúmbia Britânica até o norte da Califórnia, acima da falha da San Andreas.

Mark Casa

Sejam terremotos o motivo da cautela ou não, Mark se mostra preocupado com a segurança da família e com a própria privacidade. Mais uma vez, a reportagem do New York Post revela detalhes:

"O CEO de 32 anos do Facebook foi forçado a afastar um desenvolvedor que ameaçava construir uma casa atrás da dele, alta o bastante para oferecer vista para a janela do seu quarto. Em 2012, Zuckerberg começou a comprar casas vizinhas por preços inflados. Elas estiverem vazias por mais de um ano, apesar de haver relatos locais de ocupantes não identificados."

Aparentemente, ele deseja criar sua própria vila para o círculo de familiares e amigos mais próximos:

"Ele não deve desistir do controle das novas casas. Pelo contrário, fontes próximas especulam que ele possa usá-las para amigos e família, funcionários do Facebook – e uma grande equipe de segurança."

Lembre-se: em situações de emergência, é bom ter um amigo como Mark.