O maior data center do mundo será construído no Ártico, e ele será incrível


A empresa norueguesa-americana Kolos anunciou um ambicioso projeto para a construção do que será o maior data center do mundo, abastecido por 1,000 megawatts de energia, na cidade norueguesa de Bellangen, localizada 225 quilômetros ao norte do Círculo Ártico.

Para se ter uma ideia, um data center tradicional consome, em média, menos de 200 MW de energia.

O design impressionante do conjunto de edifícios da Kolos foi inspirado por seus arredores, e imita uma geleira, com prédios recortando o terreno ao longo de uma "espinha" central. A planta será totalmente abastecida por energia renovável, e se aproveitará das condições geográficas favoráveis para reduzir o seu consumo em até 60% em relação a um data center do mesmo tamanho.

Data Kolos Renderização de um dos edifícios do complexo de data centers projetado pela Kolos

O Ártico é uma boa localização para a instalação de data centers de grande porte por causa do ar gelado, que ajuda a manter as máquinas resfriadas, e do acesso a energia hídrica, que também diminui os custos da operação. O local é ainda um hub de conectividade, com farta disposição de cabos de fibra ótica.

Grandes empresas de tecnologia, como Facebook, Google e Apple, também têm data centers na região, pelos mesmos motivos.

Segundo a Kolos, serão necessários "milhões de dólares" de investidores noruegueses para tornar o projeto realidade. A planta deve ser inaugurada em 2018, e a estimativa é que ela opere em plena capacidade dentro de dez anos, oferecendo conexão de alta velocidade para Europa e América.

Fonte: Quartz