Tratamento experimental de imunoterapia cura alergia a amendoim em crianças


Foto: Martin L/Flickr

Um novo tratamento experimental de imunoterapia curou a alergia a amendoim na maioria das crianças participantes de um grupo de pesquisa na Austrália. A cura persistiu até quatro anos após o fim do tratamento.

"Essas crianças vêm comendo amendoim livremente em suas dietas sem ter que seguir qualquer programa particular nos anos seguintes ao fim do tratamento", disse a líder da pesquisa, a professora Mimi Tang, ao Guardian.

Os testes clínicos foram realizados no Instituto de Pesquisa Infantil Murdoch. Ao final do experimento, 82% das crianças que tinham recebido o tratamento foram consideradas tolerantes ao amendoim. Dessas, 70% continuavam resistentes quatro anos depois, como confirmaram exames posteriores.

O tratamento inovador se baseia em uma combinação de probióticos com imunoterapia oral para amendoim. A estratégia, em vez de evitar o elemento causador da alergia, mira em reprogramar o sistema imunológico, para que ele seja capaz de desenvolver uma resistência.

Os resultados são importantes pois a alergia a amendoim é uma das principais causas de morte por intolerância alimentar no mundo.

"Este é um importante passo no sentido de identificar um tratamento efetivo para curar o problema da alergia alimentar", disse Tang.

Fonte: The Guardian