Hacker acusado de invadir Yahoo tem Aston Martin e Lamborghini [Fotos]


Um hacker canadense acusado de ter participado do ataque de 2014 ao Yahoo, que comprometeu cerca de 500 milhões de contas e afetou a empresa negativamente em um momento em que ela negociava sua venda para a Verizon, foi ouvido em tribunal na semana passada em Ontario, no Canadá. Karim Baratov, de 22 anos, tenta ser liberado sob fiança.

Karim

Karim nasceu no Cazaquistão e obteve cidadania canadense. Ele é acusado de ter colaborado com Dmitry Dokuchaev, um hacker ligado à agência de segurança russa FSB. Ele teria utilizado técnicas de phishing e engenharia social para obter senhas dos usuários, vendendo-as depois para Dokuchaev, de acordo com os investigadores. A lista de alvos incluiria membros da equipe da Casa Branca, diplomatas e militares.

Durante a audição, Karim listou alguns dos bens obtidos com o dinheiro de suas atividades, que incluíam, segundo ele, um serviço que protegia servidores online contra ataques de hackers. O canadense, que vivia com os pais até 2015, tinha uma Mercedes e uma BMW ainda no colegial. Aos 20 anos, ele se mudou para uma casa avaliada em cerca de meio milhão de dólares, e comprou outros veículos para sua coleção: uma Lamborghini azul de US$ 116 mil, um Porsche 911, um Aston Martin DBS e outra BMW. Na internet, é possível encontrar fotos em que ele se exibe suas máquinas, orgulhoso.

Karim2

Karim3

Karim4

A coleção de Karim, no entanto, está ameaçada. Se condenado, ele enfrenta a possibilidade de ser extraditado para os Estados Unidos, e de ter vários bens apreendidos. Os carros inclusive.

Fonte: Chicago Tribune Fotos: Google