Grupo Shadow Brokers publica malware supostamente criado pela NSA


Um grupo de hackers auto-intitulado Shadow Brokers divulgou um malware supostamente criado pela Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos. Especialistas em ciber-segurança afirmam que o software é real, ainda que antigo.

NSA

A origem dos membros do Shadow Brokers é disputada. Eles afirmam ser contra o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e protestam contra o recente ataque americano, comandado por Trump, contra bases do presidente sírio, Bashar al-Assad, na Síria, de onde partiram ataques de armas químicas contra a população.

O especialista em ciber-segurança James Bamford sugeriu, em artigo para a Reuters, que os integrantes do Shadow Brokers podem, inclusive, estar associados à NSA.

Esse tipo de malware divulgado pelo grupo faz parte de um conjunto de ferramentas utilizadas por hackers, muitas vezes ligados a agências estatais, para se infiltrar e obter informação de seus alvos. Recentemente, o Wikileaks publicou parte de uma série de documentos que tratam de como a CIA utiliza métodos semelhantes em suas operações.

Fonte: BBC