Apple prepara novo produto misterioso para controle de automação residencial


A automação residencial é uma das grandes tendências do futuro. Pouco a pouco, os aparelhos de nossas casas serão ligados à Internet via Wi-Fi, ganhando funções controláveis a partir de smartphones e outros dispositivos. Muitas TVs já contam hoje com essa capacidade, mas imagine-a sendo expandida para outros sistemas, como de iluminação, aquecimento, som, etc.

Alguns entusiastas da eletrônica já fazem isso por conta própria, adaptando lâmpadas e outros aparelhos, mas ainda não estamos no ponto em que essa tecnologia tenha se tornado uma realidade acessível para a maioria. É aí que entram as grandes empresas de tecnologia, que têm projetado novos dispositivos com a finalidade de facilitar essa integração. A Apple é uma delas.

Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, a empresa fundada por Steve Jobs e fabricante do iPhone já começou a produzir uma espécie de caixa de som inteligente portátil que funcionará como uma central de serviços para a casa, equipada com a tecnologia de comando de voz da assistente digital Siri.

Ainda não há informações oficiais a respeito desse novo produto, mas espera-se que por meio dele seja possível controlar funções domésticas, como iluminação, além de rodar apps integrados com a plataforma HomeKit de automação residencial. Aplicações de música, um sistema de som de alta qualidade e outras facilidades também devem estar inclusas.

De acordo com a Bloomberg, a estratégia da Apple é fortalecer a rede de integração entre seus produtos e ganhar terreno sobre concorrentes como Amazon e Google, que já lançaram aparelhos semelhantes. Espera-se também que a empresa abra a plataforma para o desenvolvimento de apps por terceiros, como acontece com outros de seus gadgets, como o iPhone.

Especulações à parte, não deve demorar muito até que o público conheça os planos da Apple para sua caixa de som conectada. Estima-se que o anúncio seja feito logo, possivelmente durante a conferência para desenvolvedores da empresa, a WWDC 2017, na próxima segunda-feira. Vamos acompanhar.

Fonte: Bloomberg, The Verge